Clubhouse
Clubhouse

O que é a Clubhouse,
a nova app de que todos falam?

Em apenas nove meses, a Clubhouse, uma rede social à base de áudio, cresceu de 1500 utilizadores para mais de seis milhões. Como? Vamos contar-te tudo sobre a app do momento que já está a fazer sucesso por Portugal, o que é e como funciona. Além da ligação a uma comunidade tecnológica, um "empurrão" recente de Elon Musk ajudou a plataforma a ganhar maior notoriedade. Depois de, no final do mês de janeiro, o CEO da Tesla ter sido convidado para entrevistar um dos fundadores da Robinhood, uma plataforma de trading que se viu envolvida na polémica das ações da GameStop, o interesse na rede social disparou – tendo até havido pessoas que estavam dispostas a pagar 100 dólares por um convite para a aplicação.

Sim, porque a app não é para todos, e a exclusividade é outro dos fatores que a torna tão especial. Só podes entrar na Clubhouse através de um convite, ou seja, é preciso que alguém que já lá está te convide para que possas participar. Por isso, há quem se tenha referido a esta app criada pela Alpha Exploration em 2020 como elitista. Para juntar lenha à fogueira, ainda só está disponível para iOS, ou seja, para iPhone. Se és utilizador de Android ainda não a podes experimentar, mas, de acordo com a empresa, já há planos para lançar uma versão para outros sistemas operativos.

Mesmo com esta exclusividade, a app, que contava com 600 mil utilizadores no final de 2020, agora já ultrapassa os seis milhões, número que continua a aumentar de dia para dia, consoante os temas lá falados se tornam mais diversificados. Já não é só a app da malta que gosta de falar de tecnologia. Diariamente, surgem novos temas e speakers que falam desde o marketing ao desporto, ou até mesmo sobre videojogos ou redes sociais. A Clubhouse funciona à base de chat rooms, que é como quem diz, salas de conversação, moderadas por personalidades que podem discutir uma variedade de temas nos seus programas e nas quais os utilizadores podem decidir entrar quase como se estivessem numa festa e quisessem participar numa conversa a acontecer “em rodinha”. Qualquer utilizador pode criar a sua própria sala, onde podem entrar até 5 mil pessoas, e agendar eventos.



Um sucesso pelo mundo – e agora em Portugal

Por cá, até entidades como o jornal Público já se renderam à app para gravar um podcast em direto. Além disso, também já temos alguns nomes conhecidos que andam pela aplicação como o Wandson Lisboa e o Rui Maria Pêgo. Recentemente, o Twitter lançou uma funcionalidade semelhante, chamada Spaces, em que também tens salas de chat de áudio, mas não precisas de um convite VIP. Já há rumores de que o Facebook também está a trabalhar numa ferramenta semelhante e até o fundador, Mark Zuckerberg, já andou a espreitar do que se trata a Clubhouse.

Esta aplicação acaba por ser o oposto do que as restantes redes sociais são atualmente: não há fotos (sem ser a de perfil do utilizador), nem vídeos, nem texto (calma, podes sempre investir numa boa bio). Também não permite partilhas nem reações, como gostos ou corações. Em Portugal, a Clubhouse já tem uns quantos milhares de utilizadores e o primeiro lugar entre as aplicações de redes sociais na loja portuguesa já lhe pertence. Esta app, onde a voz é a rainha, ainda está em beta (isto é, em testes), por isso ainda podemos esperar novas funcionalidades e uma melhoria das que já oferece.

Por enquanto, têm ainda alguns problemas a ser resolvidos, como a questão da moderação de conteúdo: já houve diversos relatos de salas onde os tópicos debatidos giravam à volta do antissemitismo, do racismo, da homofobia e misognia. Agora que já sabes tudo sobre a app da elite, só te falta mesmo o convite para entrares. Já andas pela aplicação a ouvir o que os outros têm para dizer?



Comparar Produtos

    Comparar Produtos

    ×
    Utilização de cookies:Ao continuar a sua navegação está a consentir a utilização de cookies que possibilitam a apresentação de serviços e ofertas adaptadas aos seus interesses.Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura.Saiba mais aqui.