melhores filmes de natal

Os filmes de Natal obrigatórios para viver a magia da época

Obrigatórios e intemporais, selecionámos os melhores filmes de Natal que não pode deixar de ver nesta época de festividades. Filmes de animação, de comédia ou clássicos, todos são essenciais para embarcar na magia do Natal. Junte a família, o balde de pipocas, e inicie a maratona natalícia. O final feliz está sempre garantido.

SAIBA MAIS

Sozinho em Casa

“Sozinho em Casa” (Home Alone) é talvez o filme mais visto na quadra natalícia, revisto todos os anos quase como uma tradição das famílias. Esta comédia memorável, que deu origem a vários filmes (o primeiro em 1990), conta a história de Kevin McCalister que nas férias de Natal é deixado acidentalmente em casa pela sua família. Com apenas oito anos, Kevin fica por sua conta numa casa enorme. O que poderia deixar qualquer miúdo assustado, é completamente ultrapassado por Kevin que acaba por tirar o melhor partido da situação, encomendando tudo o que necessita através de um cartão de crédito deixado para trás. Até quando os bandidos mais estúpidos do país tentam assaltar-lhe a casa, que pensavam estar vazia, Kevin consegue enganá-los e fazê-los passar pelas maiores peripécias.

Ver artigo

O Estranho Mundo de Jack

Sé é fã de Tim Burton, não pode deixar de ver este filme de animação que estreou em 1993, um clássico do Natal que evidencia o estilo excêntrico do autor e produtor. “O Estranho Mundo de Jack” (The Ningtmare Before Christmas) conta a história de Jack Skellington, o Rei das Abóboras, que está cansado da Cidade do Halloween, a cidade onde vive e onde é sempre Halloween, um lugar sombrio habitado por fantasmas, bruxas e esqueletos. Um dia, ao seguir as luzes de uma árvore de Natal, Jack abre acidentalmente um portal para a Cidade do Natal. Com a intenção de trazer o espirito natalício para a sua cidade, Jack rapta o Pai Natal. Um plano que se revela um fracasso.

Ver artigos

O Rei Leão

A animação marca sempre a véspera de natal, e "O Rei Leão" (1994) é o clássico filme da Disney visto e revisto pelas famílias. “O Rei Leão” (The Lion King) conta a história de Simba, um jovem leão destinado a tornar-se o rei da selva. Tudo corre bem até que Mufasa, o seu pai, é assassinado pelo invejoso e maquiavélico Scar, irmão do pai e seu tio, que planeia herdar o trono. Ao crescer Simba vai ter de lidar com o facto de crescer sem pai e com a responsabilidade de subir ao trono, ao mesmo tempo que defronta o seu tio Scar que quer assumir o controlo do reino. Uma animação que na época ascendeu ao segundo lugar de maior bilheteira de todos os tempos, ganhando vários Óscares e o Globo de Ouro para Melhor Filme de Animação.

Ver artigos

Toy Story

Numa época mágica para as crianças é impossível não se rever o famoso filme de brinquedos “Toy Story” de 1995. Woody, um cowboy, é o boneco favorito de Andy, até aparecer Buzz Lightyear, o herói do espaço que substitui Woody nas brincadeiras. A rivalidade dos dois brinquedos vai emergir, lutando pela atenção de Andy, até ao dia em que se veem a ser torturados por Sid, um miúdo vizinho que maltrata todos os brinquedos. Nesta situação limite Woody e Buzz percebem que têm de trabalhar juntos para escapar a Sid, acabando por tornarem-se verdadeiros amigos. Uma animação com um enredo simples, mas criativo, com personagens profundas, que ensina às crianças o verdadeiro significado da palavra amizade e consegue agarrar ao ecrã qualquer adulto. Um filme para toda a família.

Ver artigos

O Grinch

Baseado no livro do Dr. Seuss “Como o Grinch Roubou o Natal” (1857), esta comédia infantil que data de 2000 conta a história de um ser verde rabugento que odeia o Natal e que arquiteta um plano para impedir que a data festiva seja comemorada na cidade de Quemlândia. Assim, na véspera de natal Grinch decide invadir a casa das pessoas e roubar tudo o que esteja relacionado com o Natal. O que Grinch não esperava era conhecer uma menina doce e inocente que lhe ensina o verdadeiro significado do Natal. Um filme que ganhou o merecido Óscar de melhor maquilhagem, com Jim Carrey a interpretar Grinch, papel para o qual passava mais de duas horas só a ser caracterizado.

Harry Potter

As maratonas de “Harry Potter” (2001-2011) no Natal são já um clássico, com a magia dos filmes de J.K. Rowling a envolver-se e misturar-se com a magia do Natal. Harry é um órfão que aos 11 anos descobre que tem habilidades mágicas e é convidado a integrar a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Quando todos os alunos regressam a casa para as festividades de natal, Harry prefere ficar em Hogwarts em vez de voltar para casa dos tios, os Dursley, que o maltratam e renegam como elemento da família. Ao longo dos anos, que correspondem a vários filmes, Harry vai superando desafios mágicos, sociais e emocionais. A descoberta da morte dos pais e o confronto com Voldemort são algumas das aventuras que vai viver com os seus novos amigos, Rony Weasley e Hermione Granger.

Ver artigos

Elf – O Falso Duende

“Elf – O Falso Duende” (Elf) (2003) conta a história de Buddy, uma criança que foi levada acidentalmente dentro do saco de presentes do Pai Natal para o Pólo Norte. Apesar de ser humano, Buddy é adotado por um dos duendes do Pai Natal e criado como pertencendo à família. Quando Buddy cresce, e fica muito maior que os outros duendes, torna-se impossível continuar a trabalhar na oficina dos brinquedos do Pai Natal. Encorajado pelo duende que o adotou, Buddy parte para Nova Iorque à procura do seu pai verdadeiro, mas vai ficar surpreendido quando descobre que ele não acredita no Pai Natal. Uma comédia divertida, que se foca em temas como a solidariedade, a compaixão, o amor e a união.

Ver artigo

O Amor Acontece

Em 2003 estreou a primeira longa metragem de Richard Curtis, o argumentista dos grandes sucessos “O Diário de Bridget Jones” ou “Notting Hill”, com um elenco composto por conhecidos atores, como Hugh Grant, Colin Firth, Keira Knightley e a portuguesa Lúcia Moniz. A trama deste filme passa-se em Londres, na véspera de Natal, e conta a história de oito casais que lidam com o fim ou início de um relacionamento em plena quadra natalícia. O sucesso foi tanto que em 2017, 14 anos após a estreia do filme, o elenco de “O Amor Acontece” (Love Actually) reuniu-se para uma sequela de 16 minutos, a favor de uma causa solidária. Nos poucos minutos pode perceber-se o que aconteceu a quase todas as personagens do filme, e recordar o sucesso de Natal.

Ver artigo

Polar Express

Fruto de uma parceria entre Tom Hanks e Robert Zemeckis, e adaptado do conto de Natal do autor norte-americano Chris Von Allsburg, “Polar Express” (The Polar Express) estreou em 2004 e conta a história de Billy que na noite de Natal embarca numa aventura mágica. Já deitado, e a duvidar da existência do Pai Natal, Billy ouve barulhos e vê chegar um comboio, o Expresso Polar, que o convida a embarcar com destino ao Polo Norte. Billy junta-se a um grupo de crianças que, tal como ele, já tinham perdido a esperança de conhecer o Pai Natal. Um filme que foge ao convencional dos filmes de natal, abordando temas como a amizade, a coragem e a necessidade de cultivar os sonhos. O Expresso Polar foi o primeiro filme de animação a ser produzido inteiramente em digital, e o primeiro a ser lançado em IMAX 3D. Bastante inovador para a época, os movimentos dos atores eram detetados por sensores, permitindo que as personagens gráficas ganhassem vida.

Ver artigos

O Amor Não Tira Férias

O “Amor não Tira Férias” (The Holiday) (2006) é a típica comédia romântica de Natal. Conta a história de duas mulheres que vivem em países diferentes, Amanda, numa mansão em Los Angeles, e Iris, num chalé isolado a 40 minutos de Londres. Apenas uma coisa as une: o constante fracasso nos relacionamentos. Após mais uma desilusão amorosa ambas decidem mudar de casa durante o Natal. A troca de realidades é um choque para Amanda que se vê isolada num chalé em Inglaterra sem os luxos a que está habituada, enquanto que Íris se diverte em Los Angeles. A mudança fica mais interessante quando ambas conhecem duas pessoas que as vão fazer voltarem a apaixonar-se.

Um Conto de Natal

Inspirado no conto clássico de Charles Dickens de 1843, Robert Zemeckis volta a trazer um filme de animação sobre a importância do amor, a avareza e o materialismo. “Um Conto de Natal” (A Christmas Carol) (2008) conta a história do carrancudo e mal-humorado Ebeneezer Scrooge, um velho homem de negócios que detesta o Natal e não acredita no espírito da época. Na véspera de Natal é visitado por três fantasmas, o do passado, o do presente e o do futuro, que o levam numa viagem reveladora de muitas verdades que o velho Scrooge não quer enfrentar. Com eles fará uma reflexão sobre o seu passado e de como isso o levou a agir no presente, com a esperança de lhe abrir o coração e torna-lo numa pessoa melhor.

Ver artigos

Up – Altamente!

Com uma forte carga dramática humana, “Up-Altamente!” (Up) é um filme de animação para crianças e para adultos que estreou em 2009. Emocional, divertido e comovente, é o filme que não pode perder este Natal. Carl, um septuagenário rabugento vê a sua casa ameaçada de demolição para dar lugar a um empreendimento, e a ida para um lar de idosos como o destino inevitável. Inconformado com a situação, decide atar milhares de balões à sua casa e fazer a viagem com que sempre sonhou e que prometeu à sua falecida esposa, visitar a América do Sul. Acontece que, sem dar conta, Carl dá boleia ao seu maior pesadelo, Russell, um jovem escuteiro super otimista, de oito anos. Juntos partem na casa voadora onde vão viver grandes aventuras.

Ver artigos

Frozen: O Reino do Gelo

Inspirado no conto “A Rainha do Gelo”, de Hans Christian Andersen, a história de Frozen (2013) gira em volta das irmãs reais do reino de Arendelle. Um acontecimento terrível condenou o reino a um inverno sem fim. Nesse reino vive a princesa Anna, uma otimista que acredita que o reino pode ser salvo. Assim, Anna parte numa longa viagem à procura da sua irmã Elsa, a Rainha das Neves, e a única com poderes para reverter a situação. Consigo vai a amiga rena, um boneco de neve e Kristoff, um jovem campónio. Juntos vão passar por situações extremas e enfrentar criaturas mágicas com o objetivo de salvar o reino. O sucesso de Frozen foi tanto que alcançou a 6ª posição de filmes com maior lucro da história, transformando-se no maior sucesso da Disney (ultrapassando o Rei Leão). Arrecadou também o Óscar de Melhor Música e de Melhor Animação.

Ver artigos

Produtos Comparados

Limpar Tudo

Utilização de cookies:Ao continuar a sua navegação está a consentir a utilização de cookies que possibilitam a apresentação de serviços e ofertas adaptadas aos seus interesses.Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura.Saiba mais aqui.×