melhores filmes de dança
melhores filmes de dança
cinema
cultura

Os melhores filmes
de dança

Podem não ser para todos os gostos, mas é inegável a sensação única que os filmes de dança nos dão. Há musicais, dramas e filmes inteiramente dedicados à dança, uns mais cómicos, outros mais dramáticos, mas todos igualmente “entertaining”.

Deixamos-te com 15 dos melhores filmes de dança, sem qualquer ordem de preferência. E porque gostos são gostos, o melhor é mesmo (re)veres todos e fazeres a tua própria lista.

Magic Mike (2012)

Apesar de ser um filme que retrata um grupo de strippers, no meio há muita dança. Channing Tatum e Matthew McConaughey são os cabeças de cartaz e, apesar de ser um filme relativamente recente, já se tornou num clássico no mundo dos filmes de dança e até gerou um espetáculo ao vivo em Las Vegas.

Cisne Negro (2010)

Este é talvez o filme mais “pesado” desta lista. O thriller psicológico de Darren Aronofsky sobre uma bailarina que tenta não perder a sua sanidade após conseguir o papel principal na produção do “Lago dos Cisnes” de Tchaikovsky valeu a Natalie Portman o Óscar de Melhor Atriz.

Burlesco (2010)

A história clássica da rapariga com grandes sonhos que parte da sua pequena cidade em busca de sucesso em Los Angeles é aqui re-imaginada com Christina Aguilera como protagonista. A sua personagem conta com Cher como sua mentora, uma ex-dançarina dona de um bar de burlesco, e juntas vivem da paixão conjunta pelo palco.

Step Up (2006)

O filme que apresentou Channing Tatum ao mundo conta a história da redenção de Tyler Gage que, após vandalizar uma escola de dança, tem a oportunidade de ganhar uma bolsa para lá estudar e dançar com a estrela da escola, Nora. Foi também o filme que uniu os dois protagonistas na vida real, Channing Tatum e Jenna Dewan, que foram casados até 2018.

Shall We Dance? (1937 e 2004)

Dois filmes com o mesmo nome, quase 70 anos de diferença. O primeiro é um clássico da dupla Fred Astaire e Ginger Rogers, em que Astaire representa um bailarino clássico que se apaixona por Rogers, uma famosa dançarina de sapateado.

O homónimo mais recente é uma comédia romântica com um trio de atores de luxo: Richard Gere é um advogado de sucesso aborrecido com a sua vida que se inscreve em aulas de dança depois de ver a lindíssima Jennifer Lopez na janela do seu estúdio de dança. A partir daí assistimos ao despertar de uma nova paixão - não por uma mulher, mas pela dança - e a tentativa do protagonista de esconder este novo hobby da sua mulher, interpretada por Susan Sarandon.

Chicago (2002)

Baseado numa peça de teatro com o mesmo nome, a versão cinematográfica ganhou 6 Óscares e foi protagonizado por Renée Zellweger, Catherine Zeta-Jones e Richard Gere. Com muito glamour conta a história de duas assassinas que se conhecem na prisão durante os anos 20 em Chicago.

Moulin Rouge (2001)

Um musical inesquecível saído da mente de Baz Luhrmann e que ganhou vida através de Nicole Kidman e Ewan McGregor. Apesar de não ter dança “pura e dura” no centro do filme, a história do triângulo amoroso entre o jovem poeta, a cortesã e o duque que a cobiça é um espetáculo musical digno de qualquer lista sobre filmes de dança.

Ao Ritmo do Hip-Hop (2001)

Sara é uma rapariga que vive numa pequena cidade norte-americana que sonha em tornar-se numa bailarina profissional, mas depois da morte da mãe esse sonho é posto em pausa e Sara vê-se obrigada a ir viver com o pai, numa zona da cidade de Chicago maioritariamente negra. Aqui conhece Derek, que lhe abre as portas ao mundo do hip-hop.

Billy Elliot (2000)

Um filme intemporal capaz de captar a atenção até daqueles que não gostam de dança. Billy Elliot é um menino inglês de 11 anos que descobre o gosto pela dança e tenta conciliar o desejo de se tornar num bailarino clássico com o conservadorismo da sua família.

Dirty Dancing (1987)

Um filme que dispensa apresentações. Patrick Swayze e Jennifer Grey deram vida a um dos maiores êxitos dos anos 80, com a história de amor passada num campo de férias que nos trouxe hits como “Hungry Eyes” e “(I've Had) The Time of My Life” e, claro, aquela cena final inesquecível.

Footloose - A Música Está Do Teu Lado (1984)

É um dos filmes de dança dos anos 80 mais acarinhados mas, surpreendentemente, cenas puramente de dança não tem muito. A “culpa” será talvez de Kevin Bacon, a grande estrela do filme que defende o poder da dança numa cidade onde a música foi banida.

Flashdance (1983)

Um dos maiores clássicos dos anos 80, “Flashdance” conta a história de Alex Owens (Jennifer Beals), uma mulher de Pittsburgh com dois trabalhos - durante o dia é soldadora e à noite é dançarina num bar - que sonha em conseguir entrar numa prestigiada escola de ballet. O filme estará sempre associado à música “What a Feeling” e à cena inesquecível da audição.

Fame (1980)

A abrir uma das décadas com mais filmes intemporais de dança está “Fame”. A história de um grupo de adolescentes que frequentam uma escola secundária para talentosos artistas coloriu a imaginação de todos aqueles que viram este filme quando saiu. O filme teve várias nomeações e gerou várias séries de televisão e musicais ao vivo.

Febre de Sábado à Noite (1977)

O filme que nos trouxe a famosa cena de dança de John Travolta ao som de “Stayin’ Alive” dos Bee Gees é um ode à musica disco. Conta a história de Tony Manero, um jovem que tenta fugir das duras realidades so seu ambiente e refugia-se na dança e música da altura.

Serenata à Chuva (1952)

“I’m singing in the rain, just singing in the rain” - mesmo quem nunca viu o filme conhece a música. Gene Kelly, Donald O'Connor e Debbie Reynolds protagonizam este musical/comédia-romântica que decorre nos anos 20, altura em que Hollywood transitou dos filmes silenciosos para os “talkies”.

Produtos Comparados

Limpar Tudo

×
Utilização de cookies:Ao continuar a sua navegação está a consentir a utilização de cookies que possibilitam a apresentação de serviços e ofertas adaptadas aos seus interesses.Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura.Saiba mais aqui.