novos estilos de alimentação
novos estilos de alimentação
Ambiente
Mundo

Dia Mundial do Ambiente
e a sua Importância

O Dia Mundial do Ambiente celebra-se desde 1974 e é um dia para as pessoas se lembrarem do sítio especial onde vivem e para fazerem algo especial pela Terra e pelo meio ambiente. Essa acção pode ser a nível local, nacional ou global e pode ser ser realizada individualmente ou em grupo - o que interessa é usar esta celebração como alavanca para fazer mais pelo nosso planeta.
Todos os anos o Dia do Ambiente centra-se num tema diferente, para que possamos coletivamente dar importância a certos problemas ambientais. Em 2019, a atenção vai estar na poluição do ar e, apropriadamente, o país anfitrião é a China.

Causas de poluição no ar

Os factores para o ar que respirarmos estar poluído são variados, desde o acesso a energia limpa para cozinhar e ter aquecimento até à altura do dia e a meteorologia. A hora de ponta é uma fonte óbvia de poluição local, mas o ar poluído pode viajar longas distâncias e até chegar a outros continentes.
A verdade é que ninguém está a salvo da poluição do ar - mesmo que não vivamos na China ou na Índia -, porque o ar “sujo” tem origem em cinco causas humanas (existem também causas naturais, como erupções vulcânicas ou tempestades de areia, mas não têm um peso tão grande como o impacto humano). Todos nós, direta ou indiretamente, soltamos para a atmosfera substâncias prejudiciais como o dióxido de carbono, dióxido de enxofre ou ozono ao nível do solo.

Indústria

Em muitos países, a produção de energia suscita grandes preocupações com a qualidade do ar. Centrais elétricas a carvão contribuem em grande escala para a poluição e geradores a diesel são uma crescente preocupação em zonas menos densamente povoadas. As indústrias química e mineira, com os seus processos industriais e utilização de solventes, também contribuem para a poluição do ar.
Neste momento, apenas 82 países (de 193) têm incentivos para promover o controlo da poluição e incentivar a produção de energia reutilizável, mais limpa e eficiente.

Transportes

Mundialmente, o sector dos transportes é responsável por quase 1/4 das emissões de dióxido de carbono relacionadas com energia e a previsão é que este número continue a aumentar. As emissões dos transportes estão relacionadas com quase 400,000 mortes prematuras - quase metade são causadas por emissões de diesel, enquanto que aqueles que vivem perto das maiores artérias de trânsito estão 12% mais propensos a serem diagnosticados com demência. É, por isso, fundamental para a qualidade do ar reduzir a quantidade de transportes, especialmente nos centros urbanos, ou encontrar alternativas aos combustíveis tradicionais.

Ambiente
Mundo

Agricultura

A agricultura contribui para poluição do ar através de duas fontes: a pecuária, que produz metano e amoníaco, e as queimas de resíduos agrícolas. As emissões de metano contribuem para o aumento do ozono ao nível do solo, que causa asma e outras doenças respiratórias. O metano é também um gás que contribui mais para o aquecimento global que o dióxido de carbono - o seu impacto é 34 vezes maior durante um período de cem anos. Os números falam por si: 24% de todos os gases de efeito estufa emitidos globalmente advém da agricultura, do tratamento das florestas e outras actividades relacionadas com solos.
Existem diversas maneiras de reduzir a poluição do ar agravada pela agricultura: podemos experimentar dietas à base de plantas e reduzir o desperdício alimentar, enquanto que os agricultores podem reduzir as emissões de metano ao melhorar as condições das pastagens.

Ambiente
Mundo

Lixo

A queima de lixo a céu aberto e a acumulação de lixo orgânico em aterros sanitários libertam dioxinas prejudiciais, furanos, metano e carbono negro na atmosfera. Globalmente, cerca de 40% do lixo é queimado a céu aberto. O problema é mais grave nas regiões em que a urbanização está a crescer e nos países em desenvolvimento. E se achas que isto é uma prática pontual, tem em atenção estes números: a queima a céu aberto de lixo é praticada em 166 países (de 193).
Melhorar a recolha, separação e disposição de lixo reduz a quantidade de desperdício que seria eventualmente queimada ou enviada para um aterro. Separar lixo orgânico e transformá-lo em adubo melhora a fertilidade do solo e dá-te uma fonte de energia alternativa. Por fim, reduzir a quantidade de comida desperdiçada (estima-se que 1/3 de toda a comida tenha este fim) pode também melhorar a qualidade do ar.

Soluções

Agora que sabes as causas, passemos às soluções para todos respirarmos melhor. Como passamos muito tempo dentro de escritórios ou em casa, é importante arejarmos estes sítios e purificarmos o ar. Para começar, ventilar regularmente estes espaços reduz os níveis de humidade, que prejudicam a qualidade do ar interior. Mas mais do que abrir janelas e criar correntes de ar, os purificadores,podem ser grandes ajudas. Não convém também esqueceres-te de arejar a cozinha depois de cozinhares, especialmente se tiveres um fogão ou forno a gás; o mesmo aplica-se à casa de banho depois de um duche - a humidade acumulada ajuda ao crescimento de bolor. De resto, as dicas de limpeza que os alérgicos costumam ouvir podem aplicar-se a todos: aspirar regularmente tapetes e o colchão da cama,lavar os lençóis a altas temperaturas, evitar fumar dentro de casa, preferir produtos de limpeza mais naturais aos que têm muitos químicos, ter plantas em casa e tirar os sapatos quando se entra, pois trazem da rua todo o tipo de poluição.

Ambiente
Mundo

Produtos Comparados

Limpar Tudo

×
Utilização de cookies:Ao continuar a sua navegação está a consentir a utilização de cookies que possibilitam a apresentação de serviços e ofertas adaptadas aos seus interesses.Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura.Saiba mais aqui.