Novo CD de Fado Mariza

Mariza


Sem lançar novos cds desde 2015 Mariza, uma das vozes incontornáveis do fado português, está de volta para apresentar o seu novo álbum. Intitulado “Mariza” e sem precisar de grandes apresentações, o álbum conta com várias surpresas. Além de uma nova versão de “Trigueirinha” de Jorge Fernando e um dueto com Matias Damásio, a fadista Mariza conta ainda com as vozes de Carolina Deslandes, Jorge Palma, Mafalda Veiga, Marisa Liz, Ricardo Ribeiro e Tim para uma faixa bónus da música de Jorge Fernando.


O sétimo álbum da fadista está assim recheado de participações especiais. Com concertos já marcados para o Coliseu do Porto e para o Coliseu de Lisboa, Mariza promete voltar aos palcos com novas músicas do novo álbum.



/i/2499c343ef00762d9924f423b26df1ab808d957b

Novo CD de Mariza


Mariza já não precisa de apresentações. Mariza é, tão só, Mariza – a grande embaixadora contemporânea da música cantada em português. A voz que fez do Fado a sua bandeira e a partir dele soube percorrer caminhos que nunca o deixaram para trás.


/i/31c2becc9fa065bf762e16d35f0707499e1443fc

O seu novo álbum já é esperado há muito tempo. O que é que os seus fãs podem esperar do novo cd “Mariza”?


Podem esperar sempre uma forma de me renovar em cada álbum, dando voz às palavras escritas para mim, trazendo sempre a minha verdade e a minha forma de entender o mundo através da música.


Já apresentou os seus dois singles “Quem Me Dera” e “Trigueirinha”, de Matias Damásio e Jorge Fernando respetivamente. O Jorge Fernando já é um dos seus colaboradores frequentes, mas o Matias Damásio é a primeira vez. Como foi trabalhar com estes dois artistas?


O Jorge Fernando faz parte do meu percurso artístico, foi ele que me motivou a gravar o meu primeiro disco tornando-se também produtor, é o compositor do tema ‘Chuva' e de muitos outros que canto. Tem uma história muito marcante na história do fado.


Matias Damásio foi uma estreia para mim, já conhecia alguns dos seus temas e já era fã, foi muito bom receber este tema ‘Quem Me Dera', mas também conhecer a pessoa por trás das músicas e das palavras. Ele escreve e canta a sua verdade, sendo para mim neste momento o cantor mais internacional de Angola.



(...) a minha verdade e a minha forma de entender o mundo através da música (...)

MARIZA



Foi a primeira vez que escreveu a letra de uma das suas canções. Porque levou tanto tempo a optar por este caminho?


Sempre escrevi, mas também achei sempre que não estava pronta para me expor tanto, já que quando estou em palco sou um coração vivo. Foi por engano que o Tiago Machado musicou as minhas palavras e quando ouviram não me deixaram retirar a música, foi ficando até o disco estar pronto e, pela primeira vez, aqui está.


É uma das artistas mais consagrada em Portugal, mas ainda assim tenta surpreender os seus fãs em palco. Tem já dois concertos marcados para o Coliseu de Lisboa e para o Coliseu do Porto. Que surpresas podem os seus fãs esperar?


Vão poder assistir aos temas deste novo disco, mas vamos também reviver alguns que já fazem parte deste percurso, que já está a ficar comprido. O difícil vai ser escolher entre tantas canções que sinto vontade de cantar, do disco novo e dos discos anteriores.