A melhor companhia para os teus passeios
A melhor companhia para os teus passeios
Atualidade
Mundo

A melhor companhia
para os teus passeios

Com o bom tempo de volta, nada sabe tão bem como um passeio no início ou no final do dia. Na semana em que se celebra o Dia da Bicicleta, fica a conhecer melhor a origem daquele que é o veículo mais utilizado do mundo e a escolha de eleição para muitos na hora de praticar desporto.

Vê aqui os melhores

companheiros para os teus passeios

Vê agora
Atualidade
Mundo

Como tudo começou

Antes de a bicicleta ser como a conhecemos hoje, sofreu várias alterações no que diz respeito aos seus mecanismos, ao seu nome e à sua forma. Ainda que haja várias teorias sobre a sua origem, ou até mesmo provas de alguns projetos parecidos com uma bicicleta, a verdade é que os primeiros sinais de um veículo de duas rodas nos transportam até ao século XIX, quando houve necessidade de encontrar um meio de transporte alternativo aos animais. Em 1817, apareceu a “draisiana”, como começou por ser chamada, inventada pelo alemão Karl Drais. Ao contrário da bicicleta comum que conhecemos nos dias de hoje, a draisiana era toda feita de madeira e funcionava através da tração do condutor, com o impulso dos pés contra o solo, de forma alternada, com uma dinâmica semelhante à de um andarilho para bebé. Por todo o mundo, surgiram vários desenvolvimentos nos anos que se seguiram, a madeira foi substituída pelo ferro, apareceram os primeiros assentos e não demorou muito até ser criado o primeiro modelo de velocípede com pedais.

O inventor do pedal foi o francês Ernest Michaux, em 1855, e o protótipo criado tinha três rodas, duas traseiras e uma dianteira. Mais tarde, este modelo evolui para o triciclo, como o conhecemos hoje. Quando esta mecânica foi aplicada à draisiana, em 1862, surgiu a primeira bicicleta propriamente dita, pelas mãos de Pierre Lallement. Ainda que possa parecer que este modelo já é muito semelhante ao que conhecemos hoje em dia, isso não impediu outras mentes de pensar em diferentes tipos de bicicleta. Por exemplo, quem é que não reconhece a imagem aqueles veículos de duas rodas de tamanhos completamente diferentes?

Alternativas

Numa altura em que começamos a sair um pouco mais de casa, teres o teu próprio meio de transporte pode ser uma mais valia para te deslocares de forma segura. Conforme o sítio onde vives ou a atividade que queres praticar, há várias ofertas que se podem tornar nos teus melhores amigos em altura de desconfinamento. Para além de ser um meio de transporte amigo do ambiente, a bicicleta pode ser o equilíbrio perfeito entre uma atividade física que te ajuda a trabalhar o corpo e a mente. É, atualmente, o veículo mais utilizado em todo o mundo e pode ser introduzido no teu dia-a-dia em atividades de lazer, ou mesmo para te deslocares de um lado para o outro, em curtas ou médias distâncias. Para quem não sabe andar de bicicleta, ou simplesmente quer opções que exijam menos esforço, existem várias alternativas para atividades divertidas ao ar livre. Na mesma onda da bicicleta, surgiram as bicicletas elétricas. Com um aspeto semelhante ao modelo manual, este veículo híbrido é um meio de transporte igualmente amigo do ambiente, mas que te dá uma ajuda na hora de pedalar. Podes optar por pedalar convencionalmente, por só utilizar o motor, alimentado por uma bateria recarregável, ou por uma junção dos dois. Ainda com duas rodas, podes apostar na tendência mais recente das trotinetes, elétricas ou manuais, ou aderir à moda das hoverboards, equipadas com as tuas cores preferidas. Se procuras algo mais radical, sugerimos que dês uma oportunidade aos skates, aos patins, ou até mesmo aos monociclos. Opções não te vão faltar para os teus passeios na rua

Comparar Produtos

    Comparar Produtos

    ×
    Utilização de cookies:Ao continuar a sua navegação está a consentir a utilização de cookies que possibilitam a apresentação de serviços e ofertas adaptadas aos seus interesses.Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura.Saiba mais aqui.