Evolução do futebol com a TV
Evolução do futebol com a TV
Desporto
Cultura

Evolução do Futebol
com a TV

Do relato em rádio para um ecrã a preto e branco. Das camisolas quase indistinguíveis para os equipamentos com cor, nome, número e patrocínios. De milhares num estádio para milhões de pessoas pelo mundo inteiro. A televisão permitiu que o futebol crescesse e que não só se tornasse o desporto mais famoso do planeta, mas também uma das indústrias mais lucrativas do mundo.

Primeira transmissão de um jogo de futebol em televisão

O primeiro jogo transmitido em televisão foi a 16 de Setembro de 1937, pela BBC, e mostrou apenas alguns minutos de um jogo entre o Arsenal e a sua equipa de reservas. Já o primeiro jogo transmitido na sua totalidade na TV foi a final da Taça de Inglaterra de 1938, entre o Preston North End e o Huddersfield Town. Nesse jogo, que coroou o Preston como vencedor, aconteceu um fenómeno oposto ao que acontece hoje em dia: havia mais pessoas no estádio do que a ver em casa, visto que nessa altura apenas 10.000 pessoas em Inglaterra tinham televisão.

Durante as duas décadas seguintes, por razões técnicas, apenas jogos em Londres podiam ser transmitidos e a Associação Inglesa de Futebol limitava as transmissões aos jogos internacionais de seleções e às finais da Taça de Inglaterra, por medo que as pessoas deixassem de pagar para ir ao estádio.

Já no caso português, a primeiro transmissão televisiva de futebol deu-se, obviamente, na RTP. Aconteceu a 9 de fevereiro de 1958, ainda antes do Mundial de 1966 em que o Eusébio brilhou, entre o Sporting Clube de Portugal e o Austria Viena. E a primeira transmissão de um campeonato nacional de futebol aconteceu apenas em 1978, há pouco mais de 40 anos, entre o V. Setúbal e o Belenenses.

O primeiro contrato de direitos televisivos

A primeira tentativa foi da ITV na época 1960-61, quando acordou com a Associação transmitir 26 jogos do campeonato. Contudo, após o cancelamento da transmissão de um jogo que envolvia o Tottenham e o Aston Villa e de um pedido de aumento, por parte da Associação, ao valor que a ITV estava a pagar pelos jogos, o acordo deixou de ter efeito.

Depois de mais duas décadas, em que só resumos ou jogos especiais eram transmitidos em televisão, em 1983 a ITV assinou um acordo com a Liga Inglesa no valor de 5.2 milhões de libras para a transmissão de jogos durante dois anos, que hoje equivaleria a 17.5 millhões de libras. Em termos comparativos, para época 2019/2020, a Sky Sports está a pagar mais de mil milhões de euros para a transmissão de 128 jogos da Liga Inglesa.

No caso concreto de Portugal, os direitos televisivos representam a maior fatia de receitas dos clubes portugueses (33%), se excluirmos transferências de jogadores. Só a seguir é que vêm as receitas e patrocínios, publicidade, da UEFA e das bilheteiras.

Evolução do futebol com a TV

Impacto das Transmissões Televisivas no Futebol

O aumento das receitas da indústria do futebol está diretamente ligado a um fenómeno ao qual se chama a “democratização do futebol”. Essencialmente, a partir do momento em que a maior parte dos jogos passou a estar disponível nas nossas televisões, à distância de um botão no nosso comando, a ligação com o desporto deixou de estar dependente do clube que apoiávamos ou da capacidade que tínhamos para comprar bilhetes para ir ao estádio - agora podíamos ver todos os jogos de todos os clubes que quiséssemos. Por outro lado, a visibilidade conferida aos clubes por um dispositivo a que cada vez mais pessoas foram tendo acesso também tornou o futebol atrativo para as marcas. Estas viam, tanto nos clubes como nos seus principais jogadores, uma oportunidade de publicitarem os seus produtos e aumentarem as suas receitas. Este desejo levou a que os clubes não estivessem tão dependentes da venda de bilhetes e que aumentassem os seus lucros com contratos de patrocínios para as suas camisolas e estádios. Simultaneamente, este fenómeno levou à “criação” dos primeiros jogadores-milionários, uma consequência da ânsia dos clubes que não queriam perder os atletas que mais visibilidade lhes conferiam (e que eram mais atractivos para marcas). Por tudo isto, a quantidade de dinheiro gerada pelo futebol foi sendo progressivamente maior e hoje os números que rondam este universo andam quase sempre na casa dos milhões de euros.

Produtos Comparados

Limpar Tudo

×
Utilização de cookies:Ao continuar a sua navegação está a consentir a utilização de cookies que possibilitam a apresentação de serviços e ofertas adaptadas aos seus interesses.Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura.Saiba mais aqui.