Dicas para escolher uma Máquina Fotográfica Reflex

As máquinas fotográficas reflex são extremamente flexíveis oferecendo resultados criativos e profissionais enquanto explora o seu lado mais inventivo. Nestas máquinas é possível mudar de objetiva para diversas necessidades, com possibilidade de fotografar a longas distâncias ou com uma grande angular para grandes panoramas. Tem ainda possibilidade de utilizar acessórios como tripés ou flash para conseguir atingir níveis diferentes de criatividade. Devido à sua variedade e características que definem a qualidade de imagem é importante saber o que deve ter em conta na hora de escolher uma máquina fotográfica reflex.

1º - Qualidade de imagem

As máquinas fotográficas reflex possuem sensores de imagem que produzem qualidade elevada de imagem. Quanto maior o sensor de imagem, melhor a qualidade de imagem. No entanto, os modelos com sensor de enquadramento total (full frame) oferecem a melhor qualidade de imagem, especialmente quando está a fotografar com pouca luz. Porém, também as lentes e o sensor ISO têm um papel importante na qualidade de imagem.

2º - Objetivas

As objetivas das máquinas fotográficas reflex são intermutáveis, o que significa que pode utilizar várias objetivas para conseguir os resultados que pretende. A objetiva grande angular faz parecer os objetos mais distantes e permitem incluir mais definição na estrutura da imagem, tornando-a essencial para fotografias a paisagens ou arquitetura. Objetivas para tirar fotos a grandes distâncias permitem igualmente fazer zoom a objetos que estejam longe mantendo a qualidade da imagem, tornando-as ideais para fotografias de vida selvagem ou eventos desportivos. Para isto, deve procurar objetivas que possuem estabilizadores de imagem e focagem mais silenciosa para resultados mais precisos para zoom total. As objetivas fixas, tal como o seu nome indica, têm uma focagem fixa pelo que são aconselhadas para retratos, uma vez que deixam entrar a luz e conseguem produzir imagens com um fundo mais leve transmitindo mais profissionalismo.
Outros efeitos visuais podem ser obtidos com as objetivas olho de peixe, macro e 3D o que permite criar perspetivas únicas. Saiba ainda que a abertura mínima e máxima também é um fator essencial para a qualidade de imagem. As objetivas com a classificação f/2.8, f/1.8 e mais pequenas permitem que entre mais luz, ajudando o sensor de imagem a capturar mais detalhes. Uma abertura maior permite conseguir fundos mais leves.

3º - Controlo manual

Uma máquina reflex é a melhor opção para quem pretende um controlo manual para modificar a configuração do equipamento no momento ou para conseguir atingir todos os efeitos criativos possíveis. Ajustar a abertura, velocidade de obturação, ISO e outras configurações usando o disco da objetiva ou botões para atingir os resultados que pretende são algumas das alterações que pode efetuar. Criar diferentes tipos de profundidade, exposição afinada e capturar diferentes tipos de profundidade consoante o que está a fotografar são algumas das soluções utlizadas para quem prefere o controlo manual

Para os iniciados em fotografia, as máquinas reflex oferecem modos automáticos inteligentes para apontar e fotografar e possuem ainda vários efeitos artísticos como o monocromático, cor seletiva e efeitos miniatura para que possa personalizar as imagens como quiser. Outros modelos dão ainda a possibilidade de retocar as imagens na máquina através do ajuste de cor e contraste, adicionar maquilhagem ou até repor sorrisos ou olhos fechados em fotos de grupo.

4º - Velocidade de Obturação

A velocidade de obturação controla a quantidade de luz que entra na sua máquina. Quanto mais tempo a objetiva estiver aberta, mais luz irá apanhar e por isso será o tempo de abertura a determinar a qualidade da sua fotografia.
Com uma máquina fotográfica reflex é fácil controlar a velocidade de abertura de forma a adaptar-se à luz. Em situações com pouca luz, faz sentido ter uma velocidade maior para deixar entrar mais luz e pode acontecer o contrário quando a claridade é forte. Esta situação é importante para quem pretende tirar boas fotografias em movimento, como o jogo de futebol do seu filho por exemplo. Uma velocidade de obturação rápida capta a ação, diminuindo a possibilidade de desfocagem na imagem. Porém, não deve descurar este fator. Alguns fotógrafos gostam de tirar partido da desfocagem para oferecer um maior estilo à fotografia. Numa situação mais calma, como é o caso de fotografar arquitetura, pode pretender tirar partido do brilho dado por uma maior luz. Nesse caso, é aconselhável que opte por uma velocidade de obturação menor.

5º - Qualidade de vídeo

Outro fator a ter em conta e que diferencia estas máquinas de outras existentes no mercado é a qualidade de vídeo. Devido à capacidade de captura de luz e às objetivas, as máquinas fotográficas reflex conseguem capturar vídeo em Full HD, permitindo apresentar imagens altamente detalhadas, brilho e cores vivas. Além disso, cada vez mais estas máquinas incluem autofocagem especial para vídeo, de forma a capturar objetos em movimento mantendo o foco e capturando o vídeo perfeito.

6º - Outras características importantes

Na altura de escolher a melhor máquina fotográfica para as suas necessidades existem outros fatores que podem influenciar a sua decisão. Algumas máquinas já possuem conexão Wi-Fi o que permite partilhar rapidamente as fotos para um smartphone, tablet ou redes sociais. Outras máquinas também permitem guardar a sua localização através da incorporação de um sistema GPS. A conexão HDMI é igualmente outra característica procurada, na medida em que facilita a visualização de imagens e vídeos numa TV.

Produtos Comparados

Limpar Tudo